Frente Parlamentar em Defesa da Mulher realiza encontro na AMREC

Publicado em 30/04/2021 às 19:01 - Atualizado em 30/04/2021 às 23:37


Créditos: Antonio Rozeng Baixar Imagem

O presidente e a vice-presidente da Associação dos Municípios de Região Carbonífera (AMREC), os prefeitos de Orleans, Jorge Koch, e a prefeita de Içara, Dalvania Cardoso, receberam nesta manhã na sede da Associação parte das vereadoras dos municípios da AMREC. Elas formaram recentemente a Frente Parlamentar em Defesa da Mulher.

Ao todo são 22 mulheres que foram eleitas na eleição de 2020 e estão ocupando uma cadeira no legislativo. Com exceção de Urussanga, todos os municípios da região têm representantes. Uma representante da deputada Ada Deluca também esteve participando do encontro.

Na pauta da reunião, o principal tema debatido o combate a violência e a proteção a mulher que começam a ser encaminhados. "Uma das nossas bandeiras é contra todos os tipos de violência. Nossa primeira Lei em vigor em Criciúma trata disso. Poder integrar as vereadoras de toda a região reforça o compromisso de lutar por todas as mulheres", destacou a vereadora de Criciúma, Giovana Mondardo.

Na avaliação da vereadora de Içara, Carla Souza, a reunião hoje alcançou o objetivo de viabilizar pautas coletivas sobre direitos das mulheres. "Solicitamos a formalização da frente parlamentar de mulheres da Amrec e a viabilização da criação da casa da mulher brasileira, via Consórcio regional entre todos os municípios" disse a vereadora. A prefeita de Içara, Dalvania Cardoso, colocou à disposição em ajudar e verificar a viabilidade da criação da casa de acolhimento.

A vereadora de Cocal do Sul, Maria Luiza Da Rolt, diz que a reunião foi o pontapé inicial para trabalhar em prol de políticas públicas para as mulheres nos municípios da região. “A violência contra a mulher precisa ser combatida e as mulheres vítimas precisam ter condições e dignidade, onde elas possam estar seguras, ter atendimento e encaminhamentos”, pontuou Maria.

As vereadoras devem participar da próxima reunião de prefeitos, agendada para dia 13 de maio. Elas ainda informaram que vão buscar apoio de outras instituições, como a Unesc, a fim de viabilizar o espaço de acolhimento.


Galeria Multimídia

{{grupo.nome}}
  • {{grupo.items.length - 12}}
    {{item.codGaleriaMultimidiaItem}}
Fechar