Compartilhar share

Equipes de enfermagem do município de Criciúma recebem capacitação na AMREC

Publicado em 14/06/2022 às 11:55 - Atualizado em 14/06/2022 às 11:57


Créditos: Divulgação Baixar Imagem

A Secretaria de Saúde de Criciúma iniciou na última semana, uma capacitação dos (POPs) Procedimento Operacional Padrão, para todos os enfermeiros da Rede Municipal de Saúde. A formação terá duração de vinte dias e atenderá toda equipe de enfermagem da rede municipal. Os encontros estão acontecendo nas terças, quartas e sextas-feiras no auditório da Associação dos Municípios da Região Carbonífera (AMREC) e nas quintas-feiras no auditório da Unesc (Universidade do Extremo Sul Catarinense), das 8h às 12h.

Segundo o secretário de Saúde, Arleu da Silveira, é importante que haja melhorias no processo de trabalho de toda a equipe de enfermagem, para que, assim, o risco de erro nos procedimentos diminua. E isso só é possível através das capacitações. “Mais de 350 profissionais da enfermagem passarão por esse processo de capacitação para melhoria dos procedimentos na execução dos atendimentos. Queremos ver as pessoas satisfeitas, tanto com os atendimentos quanto com os procedimentos que serão realizados de maneira ainda mais correta, segundo as orientações dos POPs”, ressaltou.

O material reúne em 401 páginas 122 POPs do serviço em um único documento que foi construído pelos próprios enfermeiros da rede durante um ano e meio. Nele os profissionais descrevem a maneira correta de executar o trabalho de enfermagem, sendo de responsabilidade da gerência a organização do mesmo.

A Gerente de Educação Permanente em Saúde, Daiane Mendes de Assis Réus, explica que a capacitação tem por objetivo preparar os profissionais da enfermagem de toda a rede de Saúde do município de Criciúma, embasados no documento (POPs Enfermagem). “Nossa meta é padronizar e minimizar a ocorrência de desvios na execução da atividade. Assim, um POP garante que as ações sejam realizadas da mesma forma, independente do profissional executante ou de qualquer outro fator envolvido no processo, diminuindo assim, as variações causadas por imperícia e adaptações aleatórias”, comentou a gerente.

A gerente ressalta, ainda, que esse documento será atualizado e revisado periodicamente, seguido da aprovação por comissão específica institucional de cada versão. “No nosso caso, a primeira versão será atualizada em setembro deste ano. Saliento que é uma grande conquista para a equipe de enfermagem e a saúde do município de Criciúma, visto que agora, teremos esse material que norteará os procedimentos de enfermagem e capacitará ainda mais a assistência de enfermagem, contribuindo fatalmente para a melhora no atendimento dos usuários do SUS”, concluiu.

Texto: Comunicação Criciúma